JOSÉ CARLOS MARTINAT

Lima, Peru, 1974. Vive e trabalha em Lima, Peru.

Screenshot_2.jpg

A obra de José Carlos Martinat reside na colisão entre duas noções divergentes de esfera pública. Uma, que a entende como um domínio irrestrito de interação discursiva sobre questões sociais e políticas. E outra, que a toma como um campo onde o conflito é institucionalizado sob as estruturas hegemônicas de poder. 


Ao incitar um "uso indevido" por parte dos espectadores, Martinat empodera grupos não-artísticos como "colaboradores" da sua obra. Esta inclusão de fatores externos é reexplorada em obras que consistem em vários dispositivos engendrados como organismos vivos e ativos, por meio dos quais um fluxo aleatório de informações on-line é transmitido. 

O seu trabalho integra coleções como: MAC USP - Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil; MALBA - Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires , Buenos Aires, Argentina; MALI - Museo de Arte de Lima, Lima, Peru; MOMA, Nova Iorque, EUA; TATE, Londres, Inglaterra, entre outras.

OBRAS