EDUARDO KAC

Rio de Janeiro, Brasil, 1962. Vive e trabalha em Illinois, Estados Unidos.

Eduardo Kac é reconhecido internacionalmente por seu trabalho pioneiro na arte contemporânea. No início dos anos 1980, Kac criou trabalhos digitais, holográficos e online que antecederam a cultura global em que vivemos hoje, compostos de informações sujeitas a mudanças e fluxo constante. Em 1997, o artista cunhou o termo "Bio Arte", dando início ao desenvolvimento desta nova forma de arte com obras como seu coelho transgênico GFP Bunny (2000) e História Natural do Enigma (2009), que lhe fez ganhar o Golden Nica, o prêmio de maior prestígio no campo da arte midiática. GFP Bunny se tornou um fenômeno global, tendo sido apropriado por grandes franquias da cultura popular, como Sherlock, Big Bang Theory e Simpsons, e por escritores como Margaret Atwood e Michael Crichton. Em 2017, Kac criou Inner Telescope, uma obra concebida e realizada no espaço sideral com a cooperação do astronauta francês Thomas Pesquet. A carreira singular e altamente influente de Kac abrange poesia, performance, desenho, gravura, fotografia, livros de artista, primeiros trabalhos digitais e online, holografia, telepresença e bioarte. Suas obras estão em coleções importantes como o Museum of Modern Art-MoMA, de Nova York; Tate Modern, Londres; Victoria & Albert Museum, Londres; Les Abattoirs, Musée - Frac Occitanie Toulouse, França; Museu de Arte Moderna de Valencia-IVAM, Espanha; ZKM, Karlsruhe, Alemanha; e Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, entre outros.

Kac in Paris.tif

OBRAS